Fundo de Investimento
Risco
Aplicação Inicial

Rentabilidade e cotas

 Informativos

Diário | Mensal

 Rentabilidade

2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014

 Histórico de Cotas

2018

Janeiro | Fevereiro | Março | Abril | Maio | Junho | Julho | Agosto| SetembroOutubro| Novembro

2017

Janeiro | Fevereiro | Março | Abril | Maio | Junho |

Julho | Agosto | Setembro | Outubro | Novembro | Dezembro

Conheça mais sobre fundos

Fundos Renda Fixa Curto Prazo

Aplicam seus recursos em títulos públicos federais indexados à taxa SELIC, com prazo máximo a decorrer de 375 dias e prazo médio da carteira inferior a 60 dias. Apresenta risco baixíssimo e é indicado a investidores que visam à rentabilidade que acompanhe as taxas de juros.

Fundos Renda Fixa Referenciados DI

Aplicam em ativos financeiros que buscam acompanhar a variação da taxa do CDI, com prazo médio da carteira superior a 365 dias. Apresentam  risco baixo e são indicados a investidores que visam à rentabilidade que acompanhe as taxas de juros.

Fundos Renda Fixa

Investem em títulos de renda fixa públicos e/ou privados, prefixados ou pós-fixados. Têm gestão ativa em relação ao comportamento das taxas de juros. São indicados a investidores que buscam maior rentabilidade com diversificação do risco.

Fundo Multimercado

Desenvolvido para atuar com flexibilidade em diversos mercados, tais como renda fixa (prefixados e pós-fixados), renda variável e derivativos, aproveitando as melhores oportunidades do momento. Apresenta risco médio e é indicado a investidores que conhecem o mercado financeiro, buscam retorno superior ao do renda fixa, no médio prazo, e estejam dispostos a assumir maior risco.

Fundos de Ações

Aplicam seus recursos preponderantemente em ações. Apresentam alto risco e são indicados a investidores que conhecem o mercado financeiro de capitais e que buscam uma maior rentabilidade no médio e longo prazo.

Fundos Mútuos de Privatização

Desenvolvidos para acatar recursos provenientes dos saldos de conta vinculada do FGTS mediante a aplicação de no mínimo 90% do seu Patrimônio Líquido em ações ordinárias das empresas que deram origem ao fundo. Apresentam o risco de flutuações do mercado de ações e são indicados a investidores que desejam diversificar seus recursos aplicados no FGTS, buscando possibilidades de melhores resultados a longo prazo.

Informações legais

 Política de Voto

A Política de Voto destina-se a determinar os critérios a serem utilizados pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A., como Gestor dos Fundos de Investimento, em assembléias de companhias nas quais os Fundos detenham participação. Referida Política de Voto disciplina os princípios gerais, o processo decisório e quais são as matérias relevantes obrigatórias para o exercício do direito de voto.

 

 Política de Rateio e Divisão de Ordens

A Política de Rateio e Divisão de Ordens apresenta os conceitos básicos e as regras gerais que estabelecem a forma de rateio e divisão de ordens a ser adotada pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. como gestor de recursos de terceiros.

 

 Política de Gestão de Riscos

O gerenciamento de risco dos recursos de terceiros no Banco do Nordeste do Brasil S.A. contempla todos os fatores de risco inerentes aos fundos de investimento (mercado, crédito, liquidez, operacional, dentre outros), cuja atividades de gestão são realizadas por equipes especializadas e dedicadas, descritas na Política de Gestão de Riscos que dispõe sobre o conjunto de princípios, ações e responsabilidades necessárias à identificação, avaliação, tratamento e controle dos riscos dos fundos de investimento sob gestão.

 

 Política de Negociação de Valores Mobiliários

A Política de Negociação de Valores Mobiliários por Administradores, Empregados, Colaboradores e pela Própria Empresa estabelece critérios para negociação e operações de venda e compra de cotas de fundos de investimento ou quaisquer ativos financeiros que constituam suas carteiras, tanto em nome dos funcionários e demais colaboradores (bolsistas e contratados de empresas terceirizadas) da Superintendência de Gestão de Ativos de Terceiros, bem como da Diretoria de Ativos de Terceiros do Banco do Nordeste do Brasil S.A., como aquelas realizadas em nome dos fundos de investimento no exercício de atividades vinculadas à gestão de recursos de terceiros.

 

 Código de Ética

O Código de Ética dos Profissionais vinculados à Gestão de Ativos de Terceiros define regras de conduta e compromissos de todos os funcionários e demais colaboradores (bolsistas e contratados de empresas terceirizadas) da Superintendência de Gestão de Ativos de Terceiros, bem como da Diretoria de Ativos de Terceiros do Banco do Nordeste do Brasil S.A., visando à prevenção e à solução de conflitos de interesses, estabelecendo critérios para negociação e operações de venda e compra de cotas de fundos de investimento ou quaisquer ativos financeiros que constituam suas carteiras, tanto em nome próprio como aquelas realizadas em nome de fundos de investimento no exercício de atividades vinculadas à gestão de recursos de terceiros.

 

 Controles Internos na Gestão de Ativos de Terceiros

O presente documento contempla, de forma integrada, as orientações, diretrizes, regras e procedimentos de controles internos para as atividades relativas à Superintendência de Gestão de Ativos de Terceiros.

 

 Formulário de Referência PJ - Banco do Nordeste Gestor de Recursos

O Formulário de Referência - Pessoa Jurídica dispõe sobre informações do Banco do Nordeste do Brasil S.A. como administrador de carteiras de valores mobiliários na categoria Gestor de Recursos, em atendimento à Instrução CVM nº 558/2015.

Credenciamento RPPS

 

 Ato Declaratório CVM

 

 Autorização BACEN

 

 Certidão Estadual

 

 Certidão Municipal

 

 Certidão Receita Federal PGFN

 

 Certidão Trabalhista

 

 Certificado de Regularidade do FGTS - CRF

 

 Declaração Unificada

 

 Questionário Due Diligence - Seção I

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB Especial

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB Institucional

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB Multimercado

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB Plus

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB RPPS

 

 Questionário Due Diligence - Seção II - BNB Seleção

 

 Questionário Due Diligence - Seção III

 

 Documentos para Cadastro do RPPS no Banco do Nordeste

  • Cartão CNPJ;
  • Lei de Criação do RPPS no Município;
  • Ato de nomeação dos representantes;
  • Ficha de Cadastro da Pessoa Jurídica rubricada e assinada pelos representantes;

      Proposta de Cadastro - Pessoa Jurídica (editável)

  • Cópia do RG, CPF e comprovante de endereço dos representantes;
  • Ficha de Cadastro dos Representantes rubricada e assinada.

      Proposta de Cadastro - Pessoa Física (editável)

NOTA: O Banco do Nordeste poderá solicitar outros documentos, além dos acima relacionados, para conclusão do cadastro ou para realização de negócios.

  • Fundos de Investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou Fundo Garantidor de Crédito - FGC.
  • A rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. Para avaliação da performance do Fundo é recomendada a análise em um período mínimo de 12 meses.
  • Leia o Formulário de Informações Complementares, a Lâmina de Informações Essenciais e o Regulamento do Fundo de Investimento.
Serviço de Atendimento ao Cotista:
Telefone: (85) 3299-3544
E-mail: fundos@bnb.gov.br
  (85) 99857-2357

 

Serviço de Atendimento ao Cotista (Administrador):
Telefone: 0800.762.7777
Telefone para clientes no exterior: (+55) (11) 3012.3336

 

Portal da Educação Financeira - Como Investir - ANBIMA