Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 

Voltar

Aplicações do Banco do Nordeste com FNE crescem 28,9% em Sergipe

Volume de recursos aplicados foi apresentado hoje em Aracaju

Aracaju, 25 de outubro de 2019 – O Banco do Nordeste anunciou que foram aplicados R$ 566,4 milhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) até setembro de 2019, em Sergipe. O volume é 28,9% maior do que o aplicado no mesmo período do ano anterior. Os dados foram apresentados durante encontro do presidente do BNB, Romildo Rolim, com empresários e autoridades no Hotel Sesc Atalaia, realizado hoje (25) em Aracaju.

Somadas outras fontes de recursos, Sergipe recebeu R$ 852,9 milhões até setembro de 2019, distribuídos em 138 mil operações de crédito. O montante representa aumento de 24,7%, em relação ao mesmo período de 2018.

Em toda a área de atuação do BNB (Região Nordeste, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo), foi aplicado o total de R$ 28,6 bilhões. Com o FNE, do qual o Banco do Nordeste é operador exclusivo, foram contratados R$ 19,7 bilhões.

Segundo o superintendente estadual do BNB, Antônio César de Santana, os resultados confirmam a contribuição da instituição para o desenvolvimento do estado. "Temos um orçamento robusto e acreditamos que podemos ajudar no crescimento do número de empregos em Sergipe. O FNE é diferenciado e o principal instrumento de financiamento da região nordestina", afirmou o superintendente.

"Desde o ano passado conseguimos desenvolver o orçamento, tanto no crédito produtivo de longo prazo (FNE) quanto no programa de microcrédito urbano, o Crediamigo. Estamos a cumprir com nosso papel em desenvolvimento, ao financiar os setores do agronegócio, indústria, comércio, serviços, infraestrutura e o pequeno empreendedor, formal ou informal", disse o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim.

De acordo com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese), Ivan Sobral, a parceria com o Banco do Nordeste tem sido fundamental para o setor produtivo. "Temos uma relação bem afinada com a superintendência do Banco, que tem um investimento grande em nosso setor. Nossa produção é fomentada e há vários acúmulos de superávit financeiro para os produtores sergipanos, então temos expectativa de crescimento ano a ano", declarou Ivan.

O Crediamigo foi responsável por emprestar R$ 233,8 milhões em Sergipe até setembro de 2019, em mais de 116 mil operações com microempreendedores formais e informais. Já o Agroamigo, que atua a partir da concessão de microcrédito orientado para micro e pequenos produtores rurais, com recursos do FNE, desembolsou R$ 60,2 milhões, em mais de 12 mil operações.

Oportunidades de crédito

Até o fim do ano, o Banco do Nordeste prevê aplicar mais de R$ 1 bilhão em Sergipe. Para 2020, os esforços serão direcionados ao fortalecimento e agilidade no processo de contratação e desembolso das operações, reduzindo o tempo de análise para concessão de crédito.


Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x